quarta-feira, 14 de setembro de 2016

Livros de turismo gratuitos e em comercialização

Postado por Alexandre Panosso Netto

Há dois dias postei no Facebook essa relação de livros de turismo gratuitos e dois livros em comercialização. Foram até o momento 108 compartilhamentos.
Resolvi então deixar permanentemente aqui para quem quiser baixar.
Boa leitura.

LIVROS GRATUITOS:
Turismo: Perspectiva Crítica. Textos Reunidos (2016) -https://drive.google.com/…/0BxtEmtK7N8Y6YzRmXzc2WFZYbWc/view
Turismo na América Latina: Casos de Sucesso (2016) -https://drive.google.com/…/0BxtEmtK7N8Y6cXpMclNweDR5VWc/view
Turismo Internacional: Fluxos, Destinos e Integração Regional (2015) -https://drive.google.com/…/0BxtEmtK7N8Y6aGlOeGNVTkJ5eFE/view
Formação de Gestores das Políticas Públicas do Turismo (2009) -https://drive.google.com/…/0BxtEmtK7N8Y6eTJpajhmNTVSMmc/view
Cenários do Turismo Brasileiro (2009) - https://drive.google.com/…/0BxtEmtK7N8Y6bVpTaVBNcmplTX…/view
EM COMERCIALIZAÇÃO
Tenho também dois de meus livros com desconto de autor:
"Filosofia do Turismo" (2.ed. 2011, 25,00 Reais).
"Teoria do Turismo" (2.ed. 2012, 50,00 Reais).
Despesas de correio por conta do/a comprador/a. Manda in box ou e-mail panosso@usp.br

sexta-feira, 24 de junho de 2016

"Turismo: Perspectiva Crítica. Textos Reunidos" - Novo livro. Baixe o PDF gratuito

Postado por Alexandre Panosso Netto

"Turismo: Perspectiva Crítica. Textos Reunidos" é o novo livro que publicamos com o colega mexicano prof. Dr. Marcelino Castillo Nechar, da Universidad Autónoma del Estado de México (Toluca-México).

 A capa ilustra alguém que fala dos elementos positivos do turismo;
quem ouve, por sua vez, pensa nos elementos negativos originários deste fenômeno.

Trata-se de uma publicação composta por 11 capítulos, 4 em português e 7 em espanhol. Um capítulo é inédito e outros 10 são textos já publicados em outros veículos. Um deles é um capítulo publicado em nosso primeiro livro (Epistemología del Turismo: Estudios Críticos - http://etrillas.mx/detalle.php?isbn=9786071703842), os outros são artigos que vieram a público nas seguintes revistas científicas de turismo: Revista Brasileira de Pesquisa em Turismo (Brasil), Estudios y Perspectivas en Turismo (Argentina), Turismo em Análise (Brasil), Hospitalidade (Brasil), Turismo e Sociedade (Brasil) e Homo Viator (México).


Agradecemos a todos os editores das revistas científicas que autorizaram a republicação dos artigos, entre os quais estão Débora Cordeiro Braga, Miguel Bahl, Regina Schlüter, Napoleón Conde Gaxiola, Luiz Octávio de Lima Camargo e Sara Joana Gadotti dos Anjos.

Participam também desta publicação, como colegas que publicaram artigos conosco, os seguintes pesquisadores:
Adolfo Esteban Arias Castañeda (México / Equador)
Félix Tomillo Noguero (Espanha - in memoriam)
Margret Jäger (Áustria)
Napoleón Conde Gaxiola (México)
Rubén Mendonza Valdes (México)

A presente edição é apoiada financeiramente pela Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária-PRCEU, da Universidade de São Paulo-USP, pois foi aprovada no Programa de Editais. A toda equipe da PRCEU-USP deixamos nosso agradecimento.
Agradecemos também à competente equipe responsável pelos processos de licitação na EACH-USP, que viabilizou toda a parte técnica para que a obra fosse publicada.

Outros dados:
Título:
Turismo: Perspectiva Crítica. Textos Reunidos
Páginas: 264.
Editora: Triunfal Gráfica e Editora (Assis, São Paulo, Brasil).
Apoio financeiro: Pró-Reitoria de Cultura e Extensão da Universidade de São Paulo (PRCEU-USP).
Valor: Não comercializado. Distribuído a público dirigido.
Lançamento: Virtual 25 de junho de 2016.
Lançamento presencial: Durante o XIII Seminário da ANPTUR (28 a 30 de setembro de 2016 em São Paulo-SP).

quinta-feira, 9 de junho de 2016

Lançamento "Turismo na América Latina: Casos de Sucesso"

Postado por Alexandre Panosso Netto

Acaba de sair a edição em português do livro "Turismo na América Latina: Casos de Sucesso" (Editora Triunfal, 2016), organizado por mim e pelo colega professor Luiz Gonzaga Godoi Trigo, com a participação de outros 25 colegas estudiosos do turismo residentes em 13 países latino-americanos.

Os capítulos discutem como o continente despertou para a importância da profissionalização em turismo para a diversidade de suas atrações e melhoria da qualidade de serviços. Os dois capítulos introdutórios apresentam as realidades culturais e econômicas da região, e os onze capítulos seguintes discutem os casos de sucesso no Brasil, Argentina, Chile, Colômbia, Costa Rica, Cuba, México, Panamá, Peru e República Dominicana.

BAIXE PDF COMPLETO DO LIVRO AQUI: TURISMO NA AMÉRICA LATINA - PDF 

Capa da edição traduzida ao português.
Trata-se da versão do original publicado em inglês pela editora Springer, e lançado em 2015 com o título "Tourism in Latin America. Cases of Success" tal como eu já havia divulgado aqui: http://www.panosso.pro.br/2014/06/new-book-tourism-in-latin-america-cases.html (site da editora: http://www.springer.com/br/book/9783319057347).
A edição em português manteve-se fiel à edição em inglês, mas sofreu atualizações que eram necessárias.

Capa da edição original em inglês.

A presente edição em Português é apoiada financeiramente pela Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária-PRCEU, da Universidade de São Paulo-USP, por meio do Programa de Editais. A toda equipe da PRCEU-USP deixamos nosso agradecimento. 
Agradecemos também à competente equipe responsável pelos processos de licitação na EACH-USP, que viabilizou toda a parte técnica para que a obra fosse publicada.
Agradecemos também aos autores de capítulos pela disponibilidade e pela paciência que tiveram durante o processo de elaboração da obra.

Serviço
Título: Turismo na América Latina: Casos de Sucesso.
Páginas: 368
Ilustrado com fotos coloridas
Editora: Triunfal Gráfica e Editora (Assis, São Paulo, Brasil)
Apoio financeiro: Pró-Reitoria de Cultura e Extensão da Universidade de São Paulo (PRCEU-USP).
Valor: Não comercializado. Distribuído a público dirigido.
Lançamento: virtual 9 de junho de 2016
Lançamento com presença dos organizadores: durante o XIII Seminário da ANPTUR (28 a 30 de setembro de 2016 em São Paulo-SP).


SUMÁRIO

APRESENTAÇÃO À EDIÇÃO EM PORTUGUÊS
Alexandre Panosso Netto
Luiz Gonzaga Godoi Trigo

Capítulo 1
AMÉRICA LATINA: IMAGINÁRIO, REALIDADE E TURISMO 
Alexandre Panosso Netto
Luiz Gonzaga Godoi Trigo

Capítulo 2
ECONOMIA E TURISMO NA AMÉRICA LATINA E CARIBE
Glauber Eduardo de Oliveira Santos

Capítulo 3
O TURISMO NO RIO DE JANEIRO: DA TRÍADE PRAIA-FUTEBOL-CARNAVAL À COMPLEXIDADE DA EXPERIÊNCIA TURÍSTICA CONTEMPORÂNEA
Aguinaldo César Fratucci
Ana Paula Garcia Spolon
Marcello de Barros Tomé Machado 

Capítulo 4
ENOTURISMO NA ARGENTINA. A CAPACIDADE DO VINHO PARA PROMOVER UMA REGIÃO
Regina G. Schlüter
Juana Norrild 

Capítulo 5
BOAS PRÁTICAS EM PARQUES PRIVADOS. O CASO DA RESERVA COSTEIRA VALDIVIANA (CHILE) 
Héctor Caripan Sanzana 
Alfredo Almonacid 
Edgardo Oyarzun Mendez

Capítulo 6
O TURISMO CULTURAL EM VILLAVICENCIO, COLÔMBIA
María Cristina Otero Gómez 
Wilson Giraldo Pérez 

Capítulo 7
ÁREAS SILVESTRES PROTEGIDAS E ECOTURISMO NA COSTA RICA
Aurora Hernández Ulate
Juan Carlos Picón Cruz 

Capítulo 8
“JARDINS DO REI”:  A GESTÃO INTEGRADA E SUSTENTÁVEL DE UM DESTINO TURÍSTICO CUBANO
María Elena Betancourt García
María Caridade Falcão Rodríguez
Luis Báez Penha

Capítulo 9 
PRÁTICAS DE RESPONSABILIDADE SOCIAL EMPRESARIAL NA HOTELARIA DE CANCÚN
Elva Esther Vargas Martínez 

Capítulo 10
PRÁTICAS ENDÓGENAS DO ECOTURISMO EM ACULCO, MÉXICO, COM BASE NA VALORIZAÇÃO DO PATRIMÔNIO CULTURAL DE SUAS FAZENDAS
Marcelino Castillo Nechar 
Guillermo Miranda Román
Marisol Orozco Guerrero 
Laura Eugenia Tovar Bustamante

Capítulo 11
CONSTRUINDO “EL CAMINO”: A CONSTRUÇÃO DE UMA MARCA PAÍS BEM SUCEDIDA E SUAS CONSEQUÊNCIAS
Carla Guerrón Montero 

Capítulo 12
CAMINHO PARA O SUCESSO? O TURISMO COMO UMA FERRAMENTA PARA O DESENVOLVIMENTO COM INCLUSÃO NO VALE DO COLCA, PERU
María Luisa Rendón Simon Bidwell

Capítulo 13
CLUSTERS TURÍSTICOS DOMINICANOS. CATALISADORES DE DESENVOLVIMENTO 
Pilar Constanzo

Currículo dos Autores

terça-feira, 26 de janeiro de 2016

5 Doutorados e 12 Mestrados em Turismo e áreas afins no Brasil

Postado por Alexandre Panosso Netto

Segundo levantamento que acabei de fazer, identifiquei 5 programas de Doutoramento e 12 de Mestrado em turismo e áreas afins no Brasil. Não fiz o levantamento de programas Interinstitucionais. Sei que há um na área que envolve a Univali e a Universidade do Estado do Amazonas.

Dois programas não estão na Área de Administração, Ciências Contábeis e Turismo da CAPES. Um é o de Estudos do Lazer, da UFMG que está na área Interdisciplinar; o outro é o Mestrado Profissional em Ecoturismo e Conservação, da UNIRIO, que está na área de Ciências Ambientais. Mesmo assim resolvi relacioná-los no quadro abaixo.

Para uma consulta mais ampla sobre os vários programas, acesse a plataforma Sucupira: https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/



PROGRAMA
INSTITUIÇÃO
NOTA CAPES
INÍCIO
Doutorados


Doutorado em Turismo e Hotelaria
Universidade do Vale do Itajaí (Balneário Camboriú)
5
2013
Doutorado em Estudos do Lazer
Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG (Belo Horizonte)
5
2012
Doutorado em Turismo
Universidade Federal do Rio Grande do Norte - UFRN (Natal)
 4
2014
Doutorado em Turismo e Hospitalidade
Universidade de Caxias do Sul-UCS (Caxias do Sul)
4
2015
Doutorado em Hospitalidade
Universidade Anhembi Morumbi (São Paulo)
4
2015
Mestrados Acadêmicos


Mestrado em Turismo e Hotelaria
Universidade do Vale do Itajaí - (Balneário Camboriú)
5
1997
Mestrado em Turismo
Universidade de Caxias do Sul-UCS (Caxias do Sul)
4
2000
Mestrado em Hospitalidade
Universidade Anhembi Morumbi (São Paulo)
4
2002
Mestrado em Estudos do Lazer
Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG (Belo Horizonte)
5
2007
Mestrado em Turismo
Universidade Federal do Rio Grande do Norte  (Natal)
4
2008
Mestrado em Turismo
Universidade Federal do Paraná-UFPR (Curitiba)
3
2013
Mestrado em Turismo
Universidade de São Paulo
3
2014
Mestrado em Turismo
Universidade Federal Fluminense - UFF
3
2015
Mestrados Profissionais


 Mestrado Profissional em Turismo
UnB (Brasília, DF)
3
2007
Mestrado Profissional em Gestão de Negócios Turísticos
Universidade Estadual do Ceará - UECE (Fortaleza)
3
2012
Mestrado Profissional em Ecoturismo e Conservação*
Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro- UNIRIO (Rio de Janeiro)
4
2016
Mestrado Profissional em Turismo*
Instituto Federal de Sergipe
3
2016
* Cursos recentemente autorizados pela CAPES e que estão em processo de abertura da primeira turma de alunos.

segunda-feira, 5 de outubro de 2015

Mesa de discussão: Hospitalidade, Imagem e Desenvolvimento

Postado por Alexandre Panosso Netto


Entre os dias 13 e 15 de outubro de 2015 acontece na Escola de Artes, Ciências e Humanidades da Universidade de São Paulo EACH-USP a Semana da Ciência e o Simpósio Internacional de Iniciação Científica e Tecnológica da USP (Siicusp). O evento está sendo organizado pela Comissão de Pesquisa da unidade. Ver site aqui: http://each.uspnet.usp.br/site/eventos-info.php?id=0000000744 

Este ano teremos a Mesa Redonda Hospitalidade, Imagem e Desenvolvimento. Serão quatro debatedores. Todos eles são ou foram meus supervisionados de Pós-Doutoramento na EACH-USP.
Clique na imagem para ampliar.
A discussão visa debater o tema da hospitalidade e sua relação com o desenvolvimento em suas diversas formas. A hospitalidade na atualidade coloca-se como tema primordial frente aos embates e crises humanitárias, tais como a questão dos refugiados, grandes migrações e imigrações, guerras diversas, conflitos sociais, etc.
Eu farei a moderação das apresentações. Os colegas que participam, com os referidos temas são:

Dra. Ana Paula Spolon (IFSP): Hospitalidade em rede. Propriedades estruturais e arranjos relacionais da rede de produção de conhecimento científico em Hospitalidade, no Brasil (1990-2014)
Dr. Leandro Brusadin  (UFOP): A epistemologia do sistema do dom e sua interface dentre a hospitalidade e a mineiridade
Dra. Cynthia Menezes Mello (PNPD-EACH-USP): Por uma semiótica do turismo
Dr. Josemar de Campos Maciel (UCDB): Hospitalidade, escuta e desenvolvimento: por uma  Pequena conversação

O propósito desta mesa também é abrir um espaço para que cada pesquisador possa apresentar sua pesquisa já desenvolvida ou em desenvolvimento no âmbito do Pós-Doutorado na EACH-USP.

OUTRAS INFORMAÇÕES
Data: 13 de outubro de 2015. Das 14 às 16 horas
Organização: Comissão de Pesquisa da EACH-USP
Inscrição: Sem prévia inscrição. Por ordem de chegada até o número de 80 participantes.
Local: Escola de Artes, Ciências e Humanidades - EACH. Rua Arlindo Béttio, 1000. Bairro Ermelino Matarazzo. São Paulo-SP. (Anfiteatro 2, Prédio do Ciclo Básico).
Site: http://each.uspnet.usp.br/site/pesquisa-comissao.php

domingo, 20 de setembro de 2015

Meus 20 anos de envolvimento com o Turismo

Postado por Alexandre Panosso Netto


Conforme prometido em postagem de 15 de dezembro de 2014 (http://www.panosso.pro.br/2014/12/hoje-comemoro-20-anos-que-me-formei-em.html), escrevo sobre meus 20 anos de envolvimento com o campo do turismo.
.....................
 
Em 2015 comemoro 20 anos que iniciei os estudos em turismo; 10 anos que defendi minha tese de doutorado e 10 anos que fui aprovado em concurso para docente na Universidade de São Paulo-USP.
...............

Novembro de 1994. Corredores da Universidade Católica Dom Bosco-UCDB, em Campo Grande-MS. Era meu último ano do curso de graduação em Filosofia. Um cartaz divulgando o vestibular da universidade para ingresso em 1995. Ênfase num curso novo. TURISMO, em letras grandes, destacadas. Eu olhando para o cartaz. Ele olhando para mim. Eu decidi naquele instante: vou estudar isso! Assim. Lembro-me como se fosse hoje.  
Foto de nossa turma em 1998. Não estou nessa foto. Acho que eu faltei na aula do dia...
O nome "Turismo" é bonito e tem forte apelo entre os jovens. Lembra viagens, lazer, diversão, prazer, jovialidade. Eu decidi ingressar na área sem ter o mínimo conhecimento do tema. Acho que a palavra me cativou. Essa foi a primeira vez em minha vida que eu soube que existia um curso superior especificamente sobre turismo.
Foto oficial da turma de turismo UCDB - 1998. Adivinha quem não estava olhando para o fotógrafo...
Sem muito pensar me inscrevi no vestibular e passei. Em março de 1995 foi quando as aulas se iniciaram. Turma matutina com 82 inscritos. Éramos 12 homens e 70 mulheres. Primeira turma de turismo do Estado de Mato Grosso do Sul. "Cobaias"? Nem sim, nem não. Não me arrependo. Muitos de meus professores daquele tempo hoje são amigos, colegas e continuam atuando na área. Outros buscaram distintos campos de trabalho.

Naquele período eu trabalhava como professor de Filosofia no segundo grau em escolas públicas da capital do MS. Por estar muito envolvido com a teoria, percebi que o tema era tratado de forma tímida e que o curso era bem focado no tecnicismo. Era uma opção pedagógica. Foi neste momento em que comecei a imaginar as múltiplas possibilidades das teorias em turismo. Nesta busca, acho que foi na metade do curso chegou em minhas mãos, assim meio sem querer, o livro "Análise Estrutural do Turismo", do prof. Mario Carlos Beni (Editora Senac São Paulo, 1997). Percebi com a leitura daquele livro - denso, complexo, amplo - que de fato o turismo - e seu estudo - tinha múltiplas e incontáveis possibilidades de análises e interpretações. Em 1998 também tive a oportunidade de ler "A Sociedade Pós-Industrial e o Profissional em Turismo", de Luiz Gonzaga Godoi Trigo. Outro livro denso e atualíssimo quando foi lançado. Mal imaginava eu que meu caminho se cruzaria com tais autores daqueles livros anos mais tarde...

Formei-me em turismo em 1998, momento em que já fazia uma pós-graduação em História do Brasil na Universidade Federal do Mato Grosso do Sul-UFMS. Em 1999 fui convidado para dar aulas no curso de turismo das Faculdades Integradas de Coxim (FICO), na cidade de Coxim-MS; mesmo ano que iniciei o Mestrado em História na UFMS, campus de Dourados. Em 2000 fui convidado para ser o coordenador do projeto de implantação do curso de graduação em turismo do Centro de Ensino Superior de Rondonópolis- CESUR, em Mato Grosso-MT. Esse curso começou em 31 de julho de 2000 e foi reconhecido 4 anos mais tarde com nota A pelo MEC. 
Visita técnica com alunos de turismo do CESUR-Rondonópolis, Mato Grosso. Deve ser em 2003 ou 2004.
Como coordenador do curso de turismo do CESUR, fizemos a segunda semana de turismo em setembro de 2001 (a primeira havia sido em setembro de 2000). O convidado ilustre do evento foi....o prof. Mario Carlos Beni. Foi a segunda vez que estive com ele. A primeira havia sido no ENTBL realizado em Joinville em 2000. Fui buscá-lo no aeroporto em Várzea Grande-MT. No trajeto de quase três horas até Rondonópolis falamos de tudo um pouco. Eu demonstrei meu interesse em fazer um doutorado em turismo. Ele me disse: "Una a filosofia ao turismo". Foi tudo o que ele me disse sobre o tema.
Um dia em que Mario Beni resolveu aparecer de surpresa em nossas aulas no curso de Lazer e Turismo da EACH-USP. Com Luiz Trigo à direita, Beni à esquerda e eu ao centro.

Em 2002 prestei a seleção para o doutorado em Ciências da Comunicação na ECA-USP, na linha de pesquisa turismo e lazer. Fui aprovado. Meu tema de pesquisa era filosofia/epistemologia do turismo e meu orientador...Mario Beni. Por indicação do orientador, Luiz Trigo foi meu coorientador. Novos horizontes se abriram.

Em maio de 2005 defendi a tese de doutorado; em setembro ela já estava publicada pela Editora Aleph. Em 2008 saiu a versão em espanhol pela Editora Trillas (México) e em 2011 a segunda edição em português. Trechos também foram publicados em inglês e japonês.

Continuei atuando como docente no CESUR até março de 2006. Foi quando mudei-me para São Paulo para assumir a vaga de docente, na qual havia sido aprovado em concurso em dezembro de 2005, na Escola de Artes, Ciências e Humanidades da Universidade de São Paulo-EACH-USP.

Em 2007 publiquei, junto com Guilherme Lohmann o Teoria do Turismo: conceitos, modelos e sistemas. Em 2012 o livro foi traduzido ao espanhol (Trillas, México) e em 2016 sairá a versão da terceira edição em inglês, pela CAB International.
Filosofia do Turismo (2005) é minha tese de doutorado; Teoria do Turismo (2007) é um dos best seller da Editora Aleph em turismo.

Essa década de USP foi bem interessante. Publiquei 12 livros desde ali cheguei. Alguns organizados, outros individuais, outros em parcerias. Foram muitas pesquisas e artigos, eventos no Brasil e no exterior. Conheci muita gente legal. Conheci alguns chatos e chatas também, mas são bem poucos.

Dois livros da Editora Manole que editei com a profa. Marília Ansarah, da UNIP. Segmentação do Mercado Turístico (2009) e; Produtos Turísticos e Novos Segmentos de Mercado (2015).
Na última vez que atualizei tinha esses livros. Depois publiquei mais 3 que estão faltando na imagem...
Em 2011 pude fazer meu pós-doutorado em turismo na Espanha, sob a supervisão do prof. Félix Tomillo Noguero (http://www.panosso.pro.br/2014/07/um-conhecedor-da-hospitalidade-na.html). Atrevo-me a dizer que foi o melhor ano de minha vida acadêmica.
Lançamento de meu primeiro livro com Luiz Trigo, em Fortaleza, 2003. Da esquerda para a direita: Sérgio Molina, Betty Fromer (Editora Aleph), Mario Carlos Beni, Antonio Carlos Sarti (hoje coorde)nador do curso de Lazer e Turismo da EACH-USP, Luiz Trigo e eu.
Em 2012 defendi a Livre-Docência na EACH-USP. Luiz Trigo, agora já meu amigo e colega de trabalho, escreveu sobre isso (http://luiztrigo.blogspot.com.br/2012/07/livre-docencia-na-each-usp-uma-historia.html).

Em 2011 também iniciei as aulas no novo mestrado em Estudos Culturais (EACH). Em 2014 iniciamos o mestrado em Turismo também na EACH-USP, no qual estou engajado desde sua gestação (http://prpg.usp.br/turismo).

Eu teria ainda muitas histórias para contar sobre esses 20 anos, mas deixo esse breve relato.

Para comemorar, voltarei para Campo Grande esta semana. Dia 28 darei uma palestra na Universidade Estadual do Mato Grosso do Sul-UEMS no IV EMPRETUR. Falarei sobre Turismo de Experiência, uma das linhas que venho trabalhando atualmente.

Muito aprendi nesses 20 anos; também ensinei. Horizontes de abriram. De certa maneira, no início de meus estudos em turismo, nunca ficou claro para mim onde eu poderia chegar ou ir. Valorizo cada passo dado, cada experiência, cada ação. Em vários momento fiquei em dúvida, briguei, chorei, ri, me diverti, me preocupei. Tensões e alívios naturais e humanos que todos já experenciaram.

O caminho de um professor universitário que quer ser também pesquisador se constrói lentamente do chão da sala ao chão da empresa, do mato, da rua, da biblioteca, do campo. Se constrói no movimento de sua área de conhecimentos e conforto para outras áreas, outras metodologias, outros paradigmas, na busca de novos encontros.

Se faço tudo isso? Se consegui ou consigo atingir tais metas? Não tenho certeza, mas sigo caminhando.

segunda-feira, 14 de setembro de 2015

LIVRO - Cenários do Turismo Brasileiro - PDF

Postado por:
Alexandre Panosso Netto (EACH-USP)
Luiz Gonzaga Godoi Trigo (EACH-USP)

Lançamos, em 2009, o livro Cenários do turismo brasileiro (Editora Aleph, 214 páginas). São sete capítulos que abrangem questões da globalização, discussões sociais e históricas, uma análise da crise aérea brasileira (2006-2009), uma crítica sobre a regulamentação das profissões e temas mais teóricos, tais como segmentação de lazer e turismo e epistemologia do turismo.
Cenários do Turismo Brasileiro. CAPA.
Os capítulos são iniciados com pequenas histórias intituladas “Cenas da vida turística”, algumas fictícias, outras verdadeiras. São diversas situações que exemplificam temas do mercado e da prática do turismo e têm como propósito criar consciência crítica e exemplificar os conceitos e ideias apresentadas.

Após seis anos de seu lançamento, o livro está com edição esgotada. Como estamos produzindo textos com outras temáticas e enfoques, não atualizaremos o texto para outra edição, mas pensamos que esse material não pode ser simplesmente descartado. Uma ótima opção é oferecê-lo de forma gratuita, afinal o acesso livre é uma das possiblidades e desejos do mundo virtual.

Quem quiser pode baixar a versão PDF do livro no link: LIVRO -Cenários do Turismo Brasileiro - PDF

sexta-feira, 17 de julho de 2015

Novo livro "Produtos turísticos e novos segmentos de mercado". Editora Manole

Postado por Alexandre Panosso Netto

Acaba de chegar meu exemplar do livro "Produtos turísticos e novos segmentos de mercado. Planejamento, criação e comercialização", publicado pela Editora Manole (www.manole.com.br). São 24 capítulos, 424 páginas, 2 editores, 37 autores e 1 prefaciador (R$ 98,00).
O livro foi editado pela professora Marília Gomes dos Reis Ansarah (UNIP) e por mim. Desde a idéia inicial, foram dois anos de trabalho. Convidamos especialistas para que escrevessem sobre um tema pré-definido.
O prefácio, intitulado "O charme peculiar dos destinos turísticos", ficou por conta do professor e Dr. Eduardo Fayos-Solà, da Organização Mundial do Turismo (OMT).

LANÇAMENTO: Dia 26 de agosto, a partir das 19 horas, na Livraria Cultura do Conjunto Nacional (Avenida Paulista, n. 2073, São Paulo-SP, Brasil). Aqui está o convite: http://informativomanole.com.br/ME2015/produtos_turisticos.html

Link do livro no site da editora Manole: http://www.manole.com.br/produtos-turisticos-e-novos-segmentos-de-mercado-planejamento-criacao-e-comercializacao-pr-6754-183996.htm


Agradecemos a todos os autores e todas as autoras, à equipe da Editora Manole que nos convidou para editar a obra e aos demais colegas e amigos do turismo que nos apoiam em nossos projetos.

..................

Produtos turísticos e novos segmentos de mercado. Planejamento, criação e comercialização

SUMÁRIO
Prefácio - p. IX
Apresentação - p. XIII

PARTE I. PLANEJAMENTO E COMERCIALIZAÇÃO EM TURISMO: ESTUDOS TEÓRICOS E ANÁLISES CRÍTICAS
1. Marketing dos destinos: a segmentação da demanda turística  - p. 2
Rui José de Oliveira
2. Pesquisa de mercado em turismo: identificação de novos segmentos  - p. 35
Ada de Freitas Maneti Dencker
3. Planejamento e desenvolvimento do turismo: do conhecimento à prática - p. 55
Débora Cordeiro Braga, Karina Toledo Solha
4. Comercialização em turismo: a cooperação no desenvolvimento de destinos turísticos - p . 75
Eduardo Jorge Costa Mielke
5. Gestão de destinos: como fortalecer a atratividade turística de localidades - p. 91
Fábio Pozati

PARTE II. PRODUTOS TURÍSTICOS E SEGMENTOS CONSO­LIDADOS: ESTUDOS DE CASOS E PROPOSTAS PRÁTICAS
6. Políticas, eventos e turismo de experiência - p. 114
Yoná S. Dalonso, Júlia M. Lourenço, Paula Cristina Remoaldo, Alexandre Panosso Netto
7. Turismo urbano: desafios e oportunidades para grandes cidades - p. 133
Thiago Allis, Maité Echarri
8. O patrimônio cultural como atrativo turístico - p. 149
Clarissa M. R. Gagliardi
9. Turismo científico: conhecimento produzido em viagens - p. 163
Catherine C. Margoni
10. Turismo alternativo e o desenvolvimento sustentável de parques nacionais - p. 175
Tatiana Marchetti Panza
11. Segmentação do turismo hidroclimático-hidrotermal - p. 196
Claudia C. A. Moraes
12. O turismo arqueológico como segmento turístico - p. 209
Geovan Martins Guimarães, Francisco Antônio dos Anjos
13. Turismo de saúde: viajar em busca da saúde e da estética - p. 228
Lélio Galdino Rosa, Isabela de Fátima Fogaça
14. Turismo sexual no Brasil: gênese, institucionalização e dilemas - p. 240
Arim Soares do Bem
15. Operadoras de turismo no Brasil: o caso de sucesso da CVC - p. 258
Luiz Gonzaga Godoi Trigo, Virgilio Nelson da Silva Carvalho

PARTE III. PRODUTOS TURÍSTICOS E SEGMENTOS EM CONSOLIDAÇÃO: ESTUDOS DE CASOS E PROPOSTAS PRÁTICAS
16. Turismo criativo: além da competitividade – uma experiência do México - p. 280
Sergio Molina
7. Cidades criativas: produção e consumo turístico - p. 292
Mary Sandra Guerra Ashton
18. Em busca da autenticidade nos destinos: o consumo da experiência - p. 308
Renata C. Cardias Kawaguchi, Marilia Gomes dos Reis Ansarah
19. Astroturismo: Observatório Abrahão de Moraes (IAG-USP), espaço de lazer e turismo? - p. 325
Geny Brillas Tomanik
20. Cicloturismo: mobilidade, estilo de vida e experiência - p. 339
Célia Serrano, Luis Felipe Cesar, Marcio Correa do Prado
21. Turismo cervejeiro no Brasil: um segmento em crescimento - p. 351
Sérgio Rodrigues Leal, Simone de Lira Almeida
22. A favela como atração turística - p. 366
Camila Moraes, Bianca Freire-Medeiros
23. Turismo e serviços nas plataformas de petróleo: novo segmento? - p. 379
Edison da Silva Monteiro, Evandro Prestes Guerreiro
24. Turismo de cassinos: o segmento proibido no Brasil - p. 391
Dario Luiz Dias Paixão, Angélica da Cunha Molteni Paixão

Índice remissivo - p. 407
Sobre os autores - p. 412

terça-feira, 23 de junho de 2015

Turismo de Experiência no Rio de Janeiro

Postado por Alexandre Panosso Netto

Acontece no dia 24 de junho, no Museu de Arte do Rio, o Seminário Tour da Experiência no Porto: um 3x4 da Brasilidade. 
O evento é uma realização do Sebrae/RJ (Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no Estado do Rio de Janeiro), em parceria com a Companhia de Desenvolvimento Urbano da Região do Porto do Rio de Janeiro (Cdurp), com a Empresa de Turismo do Município do Rio de Janeiro (Riotur) e com o Museu de Arte do Rio (MAR).
Sou convidado para falar sobre turismo de experiência, juntamente com Raquel Goulart, diretora da Saravah City. A mesa será moderada pelo turista profissional Ricardo Freire, criador do www.viajenaviagem.com/.

Divulgação do evento
Minha apresentação está dividida em 3 partes:
1. O conceito de segmentação dos mercados turísticos
2. Tendências em turismo
3. O surgimento e contextualização do turismo de experiência

Capa de minha apresentação
De meu ponto de vista o turismo de experiência pode ser visto sob duas perspectivas:
1. A primeira como uma extratégia de marketing turístico que busca atender um segmento de mercado específicos; aqui seriam utilizadas todas as técnicas do marketing.
2. A segunda perspectiva, que é uma hipótese que venho trabalhando, é que o turismo de experiência surge a partir do vácuo existencial, da 'sociedade do vazio' (Gilles Lipovetsky), da pequenez de nossa existência, dos problemas cotidianos...então, desejosos de uma ação, um sentimento, que nos dê sensação de preenchimento, saimos em busca de experiências. Essas experiências podem ser nas drogas, no sexo, na comida, na religião e...no turismo!

Quer saber mais e debater sobre o tema? Aparece por lá! Entrada gratuita. Contate: sebraenoporto@sebraerj.com.br

quarta-feira, 8 de abril de 2015

Bolsa de Pós-Doutorado em Turismo na Universidade de São Paulo (EACH-USP)

Postado por Alexandre Panosso Netto

Divulgando....

Vista parcial da EACH-USP.
Informações gerais
O Programa de Pós-Graduação em Turismo da Escola de Artes, Ciências e Humanidades da Universidade de São Paulo (EACH-USP) está com edital aberto para uma bolsa (PNPD - CAPES) de pós-doutoramento.
A bolsa é de 4.100 reais. Podem concorrer pesquisadores com título de doutorado em qualquer área de conhecimento.
Outras informações no site do Programa:

Cronograma de atividades:
Período de inscrições: 15/04/2015 a 15/05/2015
Homologação das inscrições: 18/05/2015
Entrevistas (a critério da Comissão): 21/05/2015
Período de divulgação do resultado: a partir de 22/05/2015
Entrega da documentação para implementação da bolsa: 25 a 26/05/2015
Vigência da bolsa a partir de junho de 2015.