sexta-feira, 6 de agosto de 2010

"Fordlândia" O documentário

Postado por Alexandre Panosso Netto
Cartaz de divulgação

Hoje tive a oportunidade de estar lá no Instituto Butantan e assistir o documentário "Fordlândia", de Daniel Augusto e Marinho Andrade. 
Para quem não sabe, Fordlândia é a cidade que foi construída pela Cia Ford, no Oeste do Pará, às margens do rio Tapajós. Sua construção foi iniciada em 1928. Seria uma cidade que daria todas as condições necessárias para que a Cia de Henry Ford produzisse borracha para suprir suas fábricas de automóveis nos EUA. O projeto não deu certo e em 1934 foi transferido para Belterra (veja postagens anteriores sobre Belterra).
Slide de apresentação do documentário.

O documentário é fruto da cabeça de Marinho Andrade que há mais de duas décadas ficou sabendo da existência da cidade em uma reportagem da Folha de São Paulo. A reportagem era sobre o projeto Jari, mas o que lhe chamou a atenção foi uma nota sobre outro projeto fracassado na Amazônia: Fordlândia. Perseguindo seu objetivo, lançou o documentário (com 54 min) em 2009 no Festival "É tudo verdade".
Aí está o Marinho - personagem aberto a novas idéias e apaixonado pelo que faz.

Após a apresentação do documentário a platéia pode conversar por uma hora e meia com Marinho para tirar dúvidas sobre o filme e sobre a cidade documentada. O que mais chamou a atenção foi o descaso dos governos com Fordlândia, um patrimônio histórico que está se perdendo e que é desconhecido dos livros de história do Brasil.
Estiveram presentes também para o "bate-papo" final a Elaine Lourenço, historiadora que fez uma dissertação sobre Forlândia e o cineasta Ricardo Dias.
Capa.

Ao final do evento fui dar os parabéns a Marinho pelo excelente trabalho. Ele se ofereceu para  ir apresentar o documentário lá na Escola de Artes, Ciências e Humanidades da Universidade de São Paulo (EACH/USP). Buscarei uma agenda para o evento.
Ah, fiquei sabendo também que o livro "Fordlandia - The Rise and Fall of Henry Ford's Forgotten Jungle City" de Greg Grandin, passou a ser vendido hoje no Brasil, já traduzido, com o título "Fordlândia - Ascensão e queda da cidade esquecida de Henry Ford na selva". Custa 56,00 reais na Livraria Cultura. 
É, apesar das duas horas e meia que gastei no trânsito para voltar para casa, hoje foi uma sexta-feira cheia de cultura. Adorei o dia!

9 comentários:

Monica de Almeida disse...

Olá Alexandre,

Essa eu perdi. Risos.
Mas terei oportunidade de ver o documentário no Encontro do Butantan em Belterra no mês de outubro.
Gostei tb de saber que já tem o Livro de Fordlandia traduzido.
Seguirei seu blog.

Um abraço

Mônica Belterra

Nonsto Araújo disse...

De há muito tempo venho buscando na internet, notícias de Fordlândia; quando alí cheguei com minha mãe, minha avó e meus irmãos. eu tinha exatamente 9 anos de idade,(era o ano de 1945)e estávamos atendendo ao chamado do meu pai, que viajara para o Amazonas em 1942,para trabalhar como soldado da borracha, e terminado a segunda guerra mundial, já de volta para o Ceará, passou em Fordlândia,(antes conhecido como Bôa Vista). Meu pai gostou do lugar, naquela época tudo ainda era muito bom!Conheço muito bem a história do lugar pois criei-me alí, onde passei a minha infância,juventude e parte da minha jornada adulta naquele lugar maravilhoso, do qual sinto imensa saudade. Conheço toda a história de Fordlândia, pois no Grupo Escolar onde estudei aprendí tudo com relação a fundação da Vila por Mr.Henry Ford, até o retorno para o Governo Brasileiro,entre 1947 a 1950, quando então deu-se inicio a ruina do lugar originado pela falta de interêsse e incompetencia admnistrativa dos governos da época! - que pena! alí poderia ser hoje um grande centro produtivo para o desenvolvimento do Brasil, se os Governos da época tivessem tido interêsse em explorar e aplicar incentivos a agricultura em vários seguimentos, bem como a agro-pecuária, tendo em vista ser o lugar propício a esse tipo de desenvolvimento rural, haja visto o excelente clima regional.Sai da vila em 1962 e não mais retornei; só muita saudade, e como gostaria de comprar um DVD desse documentário, seria possivel? nonato_araujo97@oi.com.br - Fortaleza-ce.

Nonsto Araújo disse...

Gostaria que alguem podesse informar-me como eu poderia comprar, se é que existe, um DVD do Documentário de Fordlândia, pois mesmo sem ter nascido lá,considero-me como se fosse seu filho, e sinto tremenda saudade! - ficarei imensamente gráto. - Nonato Araújo
e-mail: nonato_araujo97@oi.com.br - Fortaleza-ce.
Telfone: (85) 3467.9077

Terezinha Barbosa de Souza disse...

Nasci, nesse lugar minha terra, sai de lá quando tinha 15 anos, e voltei de férias em 2008 e 2009, e o impacto foi tão grande que não conseguia me controlar de tanto chorar, minha terra era tão linda, casas avarandadas, jardins bonitos, todo tipo de fruta, minha infancia e adolescencia foi muito boa, minhas escolas: Princeza Isabel e Sagrado Coração de Jesus. Já cansei de pedir a Emacipação de Fordlandia pois só assim vamos preserva-la melhor e o desenvolvimento concerteza vai chegar, por que enquanto tiver atrelada a Aveiro não terá progresso; por isso eu conclamo todos os filhos de fordlandia a fazer um protesto via internet e todos os seguimentos e meios para que isso aconteça, voltarei em 2011 lá, SAUDADES DE MINHA TERRA FORDLANDIA. Fiquei horrorizada quando fui visitar o Hospital, que decepção...todo depredado um hospital que era tão bem equipado, com farmacia, agora a nova administração que fica em Aveiro passou o atendimento do Hospital para a antiga casa das freiras, uma vergonha, gostaria muito de compra o DVD, onde encontro?

Anônimo disse...

Ainda não consegui comprar o DVD do Documentário de Fordlândia, hoje 06 de Janeiro de 2011, não sei nem qual o local de venda se é que existe. Tive um contáto com Alexandre Panosso, no ano passado, onde ele prometeu-me conseguir o tão sonhado DVD, mas, ele silenciou; vou buscar outras fontes no sentido de consegui-lo, e certamente conseguirei, se Deus quiser!! Aos filhos queridos de Fordlândia, que por ventura leiam esse texto, quero que saibam: Eu sou o Raimundo Araújo, filho do Sr.Antonio Araújo(Araujinho)e Dona Rita, alguem conheceu-os ou lembram? - alguem de Fordlândia, que tiver interêsse em ter um contáto comigo, será uma grande honra, e aqui está o meu enderêço via net: nonato_araujo97@oi.com.br - Tel: (85)3467.9077 - Fortaleza-Ceará.

Olá, Panosso!! Continuo aguardando a tua promessa, lembra?

Alexandre e Tatiana disse...

Raimundo, obrigado mais uma vez pelo comentário.
Acabo de enviar um e-mail ao Marinho Andrade, com cópia para você, para ver se ele te ajuda a conseguir o DVD. Creio que não estão comercializando ainda, por isso ainda eu também não tenho cópia. Sigamos esperando - com fé!
Abraços e feliz 2011 para você!
Alexandre

Nonsto Araújo disse...

Olá, Alexandre!
Você sempre eficiente e prestativo,continue assim meu caro amigo e colherás os frutos do sucesso!
Continuo pascientemente aguardando a liberação de venda do DVD de Fordlândia, só peço-te que qd. isso acontecer não esqueça de avisar-me, OK?
UM grande abraço e tudo de bom prá vc e familia no ano que se inicia!
Nonato Araújo

messias disse...

Amigos, estou em minas gerais, mas me interesso muito pelo assunto e como já revirei a net atrás deste DVD e nada.
Este vale a pena ter em casa!!

se alguem conseguir, compartilhe onde encontrou tá bom....

obrigado

Messias
Arcos/MG
mexjr.mg@gmail.com

Anônimo disse...

gostaria muito que quando alguém conseguir o DVD, que me informe onde comprar...
contato: Terezinha Souza - SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO DO ESTADO DO PARÁ - fone: (91) 3201-5046 - 3263-5604 - cel: 8865-9338, 8157-8740 (filha da Professora Maria Barbosa e João Batista.